AGENDA / Segunda, 08 Novembro 2021 09:28

Casa Verde, em São Paulo, terá primeira semana da Consciência Negra

Bairro conhecido como pequena África Paulistana terá uma programação especial sobre negritude entre os dias 15 e 20 de novembro; Nereu Gargalo, do Trio Mocotó, será homenageado no evento

Texto: Juca Guimarães I Edição: Nadine Nascimento I Imagem: Divulgação

semana da consciência negra na casa verde lembra a negritude da região
Introdução:

Bairro conhecido como pequena África Paulistana terá uma programação especial sobre negritude entre os dias 15 e 20 de novembro; Nereu Gargalo, do Trio Mocotó, será homenageado no evento

Texto: Juca Guimarães I Edição: Nadine Nascimento I Imagem: Divulgação

A Casa Verde, região de grande importância para a história da negritude da cidade de São Paulo, terá pela primeira vez um evento de celebração do mês da Consciência Negra. Entre 15 a 20 de novembro, a programação inclui encontros, rodas de conversas, palestras e shows, em torno de diversos temas como esporte, cultura, perseguição a religiões de matriz africana, violência do Estado e reflexões sobre a vida da mulher negra. A abertura, no dia 15, será com um debate sobre a proclamação da República e o racismo religioso no Ilê Lya Mi Osun Muiywa, no Parque Peruche, às 15h.

“É uma ideia para discutir o território, a presença negra e a produção negra. O racismo estrutural ainda impacta de uma maneira brutal a vida das pessoas que vivem na zona norte, que é a mais negra da cidade. Vamos gritar que não aceitamos mais esse processo de invisibilização e apagamento”, afirma o sociólogo e pesquisador Tadeu Kaçula, um dos criadores do projeto da Semana da Consciência Negra e autor do livro “Casa Verde: uma pequena África Paulistana”, da editora LiberArs.

Os eventos da primeira semana da Consciência Negra da Casa vão acontecer em diversos espaços na Casa Verde, como terreiros, centro culturais e a escola de samba Unidos do Peruche.

O ritmista Nereu Gargalo, do Trio Mocotó, grupo icônico que juntamente com o Jorge Benjor criaram o samba rock nos anos 1960, será homenageado com três oficinas sobre o estilo musical, no salão São Lucas, que fica na praça da Santíssima Trindade, na Vila Celeste. Cada evento da semana será em homenagem a uma figura negra importante da zona norte, como a Dona Lucinda, Mãe Katessú de Omulù, Seo Carlão do Peruche e o medalhista olímpico Adhemar Ferreira da Silva.

No dia 20, sábado, a programação começa com uma missa afro e o plantio de um baobá na Casa Verde Alta. A festa continua com apresentações de capoeira, jongo, afoxé e sambistas das escolas de samba da região, além da Feira Cultural Afro Diaspórica.

A construção da programação da Semana da Consciência Negra na Casa Verde foi feita pelo coletivo Zona Norte Afro Diaspórica, que conta com professores, estudantes, jornalistas, moradores, artistas e comunicadores negros da região.

“O coletivo tem o objetivo de fazer um relatório para criar desdobramentos desses eventos para outras regiões, não apenas em novembro. Vamos criar cursos e formações para professores da rede pública para que sejam desenvolvidas ações práticas, pedagógicas, no dia-a-dia para que a grade curricular contemple a cultura afro-brasileira e africana”, explica Kaçula, que é presidente do Instituto Samba Autêntico.

Na região estão as escolas públicas Nelson Mandela (líder negro Sul Africano) e Joaquim Nabuco (abolicionista brasileiro), que já são importantes pontos de referência da cultura negra.

 Apoie jornalismo preto e livre!

 O funcionamento da nossa redação e a produção de conteúdos dependem do apoio de pessoas que acreditam no nosso trabalho. Boa parte da nossa renda é da arrecadação mensal de   financiamento coletivo e de outras ações com apoiadores. 

 Todo o dinheiro que entra é importante e nos ajuda a manter o pagamento da equipe e dos colaboradores em dia, a financiar os deslocamentos para as coberturas, a adquirir novos   equipamentos e a sonhar com projetos maiores para um trabalho cada vez melhor. 

 O resultado final é um jornalismo preto, livre e de qualidade.

 Acesse aqui e apoie a Alma Preta Jornalismo

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece. Se inscreva e receba nossas notícias toda semana.

VÍDEOS

feminismonegro.jpg
leituradosbuzios.jpg
culturasafricanasema.jpg
racismorecreativo.jpg