O projeto de residência artística da dançarina e performer negra Bianca Santana é aberto para mulheres e as inscrições podem ser feitas online até final de junho

Texto e imagem / Divulgação

Estão abertas até dia 30 de junho as inscrições para as oficinas gratuitas de dança afro para mulheres com a dançarina baiana Bianca Santana no Instituto Baobá de Cultura e Arte (Ibaô), em Campinas. Os encontros ocorrem nos dias 7, 14, 21 e 28 de julho às 14h30.

As oficinas são parte da residência artística e cultural "Dança das Águas no Ilê", da dançarina natural de Caravelas e conta com o apoio da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Fundo de Cultura, edital de Mobilidade Artística e Cultural).

O trabalho tem por objetivo fortalecer as manifestações culturais de matriz africana e também as lutas contra o racismo e o preconceito religioso. A artista parte da mitologia das danças sagradas das quatro orixás femininas das águas – Iemanjá, Oxum, Nanã e Obá – para realizar procedimentos de pesquisa, criação e produção de dança coletiva junto à comunidade.

“Será um importante processo de troca junto ao Ilê de Campinas. Além da pesquisa e concepção artística, será feita uma parceria com manifestações étnico culturais do Ibaô com o grupo de percussão, a capoeira e o afoxé. As oficinas serão abertas para a comunidade”, explica Bianca.

Em um momento que ações de racismo e de extermínio do povo negro aparecem como uma constante, não sendo raros os casos de ataques a casas e espaços de resistência da cultura afro, a residência artística firma a arte e a dança como ferramentas de promoção da cidadania, abrindo perspectivas para a preservação da memória e registro da cultura afro no Brasil.

Sobre o Ibaô

O Ibaô – Instituto Baobá de Cultura e Arte é um Ponto de Cultura e de Memória que vivencia a preservação e memória da Capoeira e do Patrimônio Cultural de Matriz Africana, difundidos para a comunidade de Campinas há mais de 30 anos.

Com o objetivo de fortalecer, dar continuidade e disseminar as raízes da cultura e da arte, o coletivo desenvolve práticas educativas e artísticas que retomam relações étnicas e de formação da identidade cultural brasileira na sociedade contemporânea.

No espaço cultural ativo localizado na Vila Padre Manoel Nóbrega, periferia de Campinas, são oferecidas atividades gratuitas e abertas ao público que interagem múltiplas linguagens, formas e expressões: oficinas culturais; rodas de Capoeira e de danças tradicionais; grupos de leitura e estudos; encontros, palestras, workshops e seminários; produção artística e ensaios; visitas monitoradas; residência artística e cultural; produção audiovisual e cultura digital; exposição, conservação e manutenção de acervo.

“Para nós, do Instituto Baobá, a residência de Bianca Santana soma muito com as vivências cotidianas dos movimentos de resistência afro. Nesses tempos complexos, essa conexão BA-SP chama a atenção mais uma vez para a importância da atuação política e artística em prol das comunidades tradicionais”, aponta Andrea Mendes, produtora cultural do Ibaô.

SERVIÇO

Dança das Águas do Ilê – Residência Artística e Cultural
Local: Ibaô – Instituto Baobá de Cultura e Arte - Rua Ema, 170, Vila Padre Manoel de Nóbrega, Campinas/SP
Quando: 7, 14, 21 e 28 de julho de 2018, às 14:30
Mais informações: bisantana01@gmail.com / (73) 99100-5055
www.institutobaoba.wordpress.com
www.facebook.com/ibaoba

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Onde Estamos

Endereços e Contatos
Rua Tonelero 201, ap 102. CEP: 05056-000
Vila Ipojuca, São Paulo
contato(@)almapreta.com

Mais Lidos