Para expor aquele tipo de racismo mais velado, compartilhado livremente no dia a dia, usuários do twitter usam a hashtag #MeuRacistaSecreto, que ocupa o primeiro lugar nos Trending Topics

Texto / Beatriz Mazzei
Imagem / Divulgação

O mês de outubro começou com o compartilhamento da hashtag #MeuRacistaSecreto, usada para denunciar situações e frases racistas dentro do cotidiano. Na mesma linha das hashtags #MeuAmigoSecreto e #MeuPrimeiroAssedio, disseminada por mulheres que se propuseram à denunciar casos de assédio e machismo que acontecem no dia a dia, a hashtag #MeuRacistaSecreto tomou o topo dos Trending Topics no dia 1 de Outubro, segunda-feira, e continua sendo compartilhado hoje na rede social.

Dando destaque aos casos de racismo mais velados e sutis, os usuários compartilham ideias e frases racistas que são disfarçadas como "brincadeiras", "minha opinião", ou "questão de gosto".

corpomazzei1

Imagem: Divulgação

#MeuRacistaSecreto na Política

Além de compartilhar o que é dito por pessoas próximas, muitos tweets denunciaram frases racistas ditas em discursos ou sabatinas políticas de candidatos à presidência. Por conta do momento de polarização das eleições, as hashtags acabaram saindo da pauta social para atingir o cenário político.

Jair Bolsonaro foi citado por alegar que não existe racismo no Brasil e pela vez em que, como deputado, fez uma visita à comunidade quilombola e disse que “o afrodescendente mais leve lá pesava sete arrobas. Não fazem nada. Eu acho que nem para procriador ele serve mais”.

corpomazzei3

Imagem: Divulgação

“#MeuRacistaSecreto é de esquerda, grita "ele não", prega liberdade e justiça social, mas quando vê um negro de direita o chama de capitão do mato”, esse tweet se refere à fala do candidato à presidência Ciro Gomes sobre o deputado paulista Fernando Holiday, que é contra as cotas e demais políticas públicas de cunho racial.

Também houve quem alegou que “A hashtag #MeuRacistaSecreto estava sendo usada para prejudicar a imagem de Jair Bolsonaro”. Pelo alcance e popularidade da tag, muitos apoiadores de Bolsonaro usaram o “#MeuRacistaSecreto” para compartilhar conteúdo favorável a campanha do candidato ou para se manifestar contra a esquerda e suas figuras mais influentes, como o ex-presidente Lula.

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Contato

E-mail
contato(@)almapreta.com

Mais Lidos