Escrita é uma forma de suprir a falta da filha, irmã e mãe tirada à força da família em 14 de março de 2018

Texto / Redação
Imagem / Solon Neto

O assassinato da ex-vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco (1979-2018) completou 13 meses em abril. Uma tragédia, que pegou parlamentares, cidadãos, amigos e familiares de surpresa.

A casa em que reside a família, na Zona Norte do Rio de Janeiro (RJ), fotografias, desenhos, molduras, entre outros presentes de homenagens à Marielle rodeiam todo o ambiente. Uma forma de suprir a falta da filha, irmã e mãe tirada à força da família em 14 de março de 2018.

Antonio Francisco da Silva Neto, pai de Marielle, sempre relembra em entrevistas o carinho e respeito entre sua filha e Marinete, a mãe. Mas passados 13 meses da trágica partida da ex-vereadora, ele abre um pouco mais da rotina de pai e filha. Em uma carta, ele fala sobre saudade e o cuidado e afeto entre os dois.

Leia abaixo:

Marielle Franco: “Pai, está tudo bem?”

Por Francisco

Toninho, Toninho, Tuninho, Sr. Antonio, muitas e muitas vezes me chamaram assim. Por onde eu ando, atendo a todos com a maior atenção, para abraços e fotos, pois sempre que nos procuram vem com palavras de agradecimento e solenidade.

Mais passados 13 meses após o assassinato de minha filha Marielle, sentimos muito a sua ausência física. O que mais me faz falta nesse período é quando ela chegava em nossa casa e falava: “Pai, está tudo bem? Está precisando de alguma coisa?”.

Não me chamava pelo nome, sempre assim: “Pai”. Sempre de uma maneira diferente, com aquela voz suave, me deixando como que hipnotizado, com aquela presença física que eu ficava admirando.

Pensava como aquela menina que eu carreguei muito no colo no início dos seus primeiros anos de vida havia crescido e eu não podia mais fazer isso. Não podia porque ela havia se tornado uma gigante. Se eu precisasse, ela sim me carregaria no colo.

Gigante nas palavras, atitudes e ações. Diferente de muitos que andam por aí.

bannerhorizontal

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Contato

E-mail
jornalismoalmapreta(@)gmail.com

Mais Lidos