Evento desmente a afirmação de que não há dramaturgos negros no Brasil e oferece palco para produções de autoria negra

Texto e imagem / Divulgação

O Festival Dramaturgias da Melanina Acentuada, terá sua quinta edição apresentada de 14 a 23 de setembro com o objetivo de visibilizar e fortalecer a dramaturgia negra produzida no Brasil. Toda programação do Festival se divide entre o Goethe-Institut Salvador e a Sala do Coro do Teatro Castro Alves, parceiros institucionais do evento. A agenda do evento está disponível no site.

Idealizado pelo ator, apresentador, dramaturgo e pesquisador Aldri Anunciação, o evento contará com leituras dramáticas, ateliês para produção escrita e reflexão sobre práticas e poéticas, espetáculos teatrais, compartilhamento e o lançamento da plataforma Melanina Digital, um catálogo virtual inédito que reúne a produção de dramaturgos negros contemporâneos.

De acordo com Aldri Anunciação, curador do Melanina Acentuada, ao longo desses cinco anos de existência no formato de itinerância (com três edições em Salvador, uma em São Paulo e outra no Rio de Janeiro), o evento se consolidou como um espaço de compartilhamento e visibilidade da produção negra no campo da dramaturgia, sendo referência para pesquisadores de todo país.

“O Melanina Acentuada é um misto de festival e festival pesquisa. Ele expressa a intenção de mapear e catalogar autores negros, que estejam inseridos no mercado e também fora dele. Conhecer sua poética, os temas e elaborações que estes autores estão realizando” acrescenta o dramaturgo, que teve a ideia de criar uma mostra centrada nas questões sobre autoria negra a partir da constante escuta, em espaços diversos, que não havia dramaturgos negros negros no Brasil. O Melanina prova justamente o contrário: mais de 60 criadores já tiveram seus espetáculos encenados, textos lidos e encontros de compartilhamento realizados.

corpofestival

Melanina Digital

O panorama apresentado ao longo das cinco edições do Festival Dramaturgias da Melanina Acentuada agora estará disponível on line na plataforma Melanina Digital, um catálogo de dramaturgos negros brasileiros, fruto dos anos de realização da mostra e da compilação de atividades desenvolvidas ali.

Neste ambiente virtual, os próprios dramaturgos poderão cadastrar suas obras e se fazer conhecer e reconhecer. Como o evento se tornou referência para criadores e pesquisadores negros, havendo sempre interesse em ter acesso aos dramaturgos, obras, entrevistas, surgiu a urgência de tornar todo esse manancial acumulado numa plataforma acessível a todos.

Serviço

Festival Dramaturgias da Melanina Acentuada

De 14 a 23 de setembro

Em Salvador

Realização: Melanina Acentuada Produções, Henckes Produções

Produção: Giro Planejamento Cultural

Programação completa no site.

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Contato

E-mail
contato(@)almapreta.com

Mais Lidos

Cron Job Iniciado