fbpx

Evento será no sábado (7) e domingo (8) com atividades de entretenimento, militância e empreendedorismo

Texto / Nataly Simões | Edição / Simone Freire | Imagem / Bianca Araujo

A Feira Preta, maior evento de cultura e empreendedorismo negro da América Latina, comemora 18 anos de existência nos dias 7 e 8 de dezembro, das 12h às 22h, no Memorial da América Latina, em São Paulo (SP).

A programação do evento, com entrada gratuita, foi pensada a partir da trajetória da feira focada em unir experiência, design e conexão. Com o tema “Passado, Presente e Futuro”, a edição se propõe a responder de onde vieram, onde estão e para onde vão a arte, a cultura e o empreendedorismo negros.

Nos dois dias, a Feira Preta será dividida em espaços temáticos que unem conteúdos sobre diferentes temas que atravessam a existência negra nas diferentes áreas de atuação, da militância ao entretenimento, passando pelo mundo dos negócios e oportunidades de trabalho.

Um dos espaços é o “Afroempreendedorismo”, que reúne produtos e serviços de empreendedores de vários estados brasileiros. Há também o “Preta Inova”, com empreendedores que inovam e mudam a cara de seus setores de atuação, como o Perifacon, na cultura geek, e o No Front, na área de finanças.

O evento também vai contar com apresentações musicais de grandes representantes da música afro-brasileira como Drik Barbosa, Larissa Luz, Senzala Hi-Tech e Samba da Laje e convidados em homenagem a Reinaldo, conhecido como Príncipe do Pagode, que faleceu neste ano vítima de um câncer..

Trajetória

Criada por Adriana Barbosa, a Feira Preta nasceu em 2002 como uma feira de produtos de empreendedores negros. Cresceu e se tornou uma plataforma de criação de projetos para valorização da cultura afro-brasileira considerada referência de empreendedorismo social.

Em sua primeira edição reuniu 40 expositores e um público de 5 mil pessoas em um espaço na praça Benedito Calixto, em Pinheiros, na Zona Oeste de São Paulo. Na edição de 2017, a feira reuniu um público de 20 mil pessoas, e em 2018, de 50 mil. A edição deste ano terá 100 expositores e o público estimado ainda não foi revelado.

A iniciativa possibilita o encontro de profissionais de diferentes segmentos como moda, literatura, gastronomia, música e tecnologia. Um dos principais objetivos é impulsionar o negócio de empreendedores negros. A estratégia consiste em incentivar consumidores negros a comprarem produtos de profissionais negros para fortalecer o fluxo desse mercado e a economia dentro da comunidade afro-brasileira.

Serviço

18ª Feira Preta: “Passado, Presente e Futuro”

Data: 7 e 8 de dezembro

Horário: das 12h às 22h

Local: Memorial da América Latina | Avenida Auro Soares De Moura Andrade, 664 - Barra Funda - São Paulo - SP

Programação: www.feirapreta.com.br

Entrada gratuita (sujeita à lotação do espaço)

 O povo preto quer narrar suas histórias

Vivemos em um mundo de disputa. Nossa sociedade tem profundas marcas das desigualdades que foram desenhadas ao longo da história. Na atualidade parece que há espaço para debate, a tão falada representatividade está sobre a mesa.
Mas o povo preto quer mais. Queremos narrar nossas próprias histórias. Queremos ter direito de fala não somente quando essa é concedida. Somos múltiplos, somos muitos e plurais. A ótica de ser preto no Brasil se revela como um espectro, tamanha a diversidade dos povos ancestrais que nos originaram, e a variedade de experiências que podemos ter e ser. Pertencer. O que nos conecta é pele.

Apoie o Alma Preta e nos ajude a continuar contando todas essas histórias.

Vamos fazer jornalismo na raça!

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Contato

E-mail
jornalismoalmapreta(@)gmail.com