O objetivo é discutir temas como imigração, segurança, justiça social, representação política, organização popular e comunitária, arte e religiosidade

 Texto / Lucas Veloso | Edição  /Pedro Borges | Imagem / Reprodução - Youtube

Nos dias 19 e 20 de novembro, o Festival Feira Preta promove o “Encontro Internacional Afro-Feminismos de Abya Yala: uma aposta crítica para o agora”, no Sesc 24 de Maio. A programação recebe pensadoras e ativistas negras do Peru, Argentina, Uruguai, Colômbia, Chile, Costa Rica, Panamá, República Dominicana, Canadá, Trinidad e Tobago e Brasil.

Através das experiências das mulheres de diferentes origens, culturas, identidades de gênero e dissidências sexuais no ativismo feminista, antirracista e anticolonial na América, o evento quer dialogar e construir estratégias para o enfrentamento das desigualdades.

As discussões serão divididas entre três teias. A primeira é “Tecendo Existências e narrando experiências a partir da organização de mulheres negras em Abya Yala“, com participação de Sandra Chagas, ativista lésbica afro-uruguaia, Eliza Pucker, antropóloga lésbica afro-peruana e Neón Cunha, ativista trans afro-indígena e mediação de Danielle Almeida, curadora do evento.

Já a “Vozes e corporeidades contra hegemônicas na fé, na luta e nas artes negras em Abya Yala" reúne Yuderkys Espinosa, pensadora e ensaísta contra o racismo, o hetero patriarcalismo e a colonialidade, Shirley Campbell, poeta ativista antirracista e Helena Theodoro, filósofa especialista em religiões de matriz africanas no Brasil. A mediação será de Luciane Ramos.

A terceira é “Afro-feminismos antirracistas e justiça social“, um encontro entre Paola Palacios, ativista pró direitos e dignidade das pessoa imigrantes, Eshe Lewis, antropóloga especializada nas análise de como o sexismo e o racismo impactam as violências contra as mulheres negras e Nilza Iraci, comunicadora social e coordenadora executiva do Geledés – Instituto da Mulher Negra, com mediação de Amanda Carneiro.

No dia 20, a cantora Fabiana Cozza encerra a programação do Encontro com a apresentação do “Show dos Santos”, às 18h.

Serviço
Encontro Internacional Afro-Feminismos de Abya Yala: uma aposta crítica para o agora | 19 e 20 de novembro | Local: Sesc 24 de Maio | Horário: 14h às 17h | Ingressos: Gratuito. Retirada uma hora antes do evento - Show de encerramento Fabiana Cozza | Horário: 18h | Ingressos: | Inteira 30,00 | Meia 15,00 | Credencial Plena 9,00. Venda online e nas unidades do Sesc.

bannerhorizontal

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Contato

E-mail
jornalismoalmapreta(@)gmail.com

Mais Lidos