fbpx
 

Confira a lista escolhida pelo Alma Preta com obras de diferentes épocas

Texto / Redação | Edição / Simone Freire | Imagem / Reprodução

O Alma Preta selecionou dez filmes de diferentes épocas e gêneros como sugestão de entretenimento durante a quarentena provocada pela proliferação do Covid-19, o novo coronavírus. As obras têm como ponto de ligação a temática negra e reflexões sobre o racismo estrutural.

Confira!

Pitanga

Dirigido pela filha Camila Pitanga, o filme conta a trajetória do ator Antônio Pitanga, ativista da luta antirracista no Brasil. O ator conversa com Martinho da Vila, Paulinho da Viola e Gilberto Gil.

Rainha de Katwe

Uma garota de Uganda, na África, se torna uma grande jogadora de xadrez. Phiona (Madina Nalwanga) supera as dificuldades com a ajuda da família e amigos.

A vida secreta das abelhas

Com produção de Will Smith e Jada Pinkett Smith, o drama conta a história de irmãs apicultoras na Carolina do Sul. Tem as cantoras Queen Latifah e Alicia Keys no elenco.

Crooklyn

Filme dirigido por Spike Lee sobre uma família negra vivendo no Brooklyn, nos anos 70. O cineasta se inspirou na própria história.

Pantera Negra

Filme sobre o herói dos quadrinhos que é também o monarca de um país chamado Wakanda, na África, responsável por grandes avanços tecnológicos. Com Michael B. Jordan e Lupita Nyong'o no elenco.

A Cor Púrpura

Conta a história de Celie (Whoopi Goldberg) jovem negra que enfrenta situações de racismo e privações no estado da Giorgia, no início do século passado. Com Oprah Winfrey e Danny Glover no elenco.

Ó paí, ó

Comédia estrelada por Lázaro Ramos e com Érico Brás no elenco faz um retrato divertido e realista de Salvador, a capital mais negra do Brasil.

Libertem Angela Davis

Documentário de 2012 sobre a vida da ativista, professora universitária e escritora Angela Davis. O filme retrata a luta de Angela Davis pelos direitos dos negros nos EUA.

Os Donos da Rua

Tre (Cuba Gooding Jr.) é criado pelo pai (Laurence Fishburne) em uma vizinhança barra-pesada de Los Angeles. A direção de John Singleton é certeira ao abordar questões de conflito racial e social nos EUA no começo dos anos 1990.

Ao mestre com carinho

Filme de 1967 baseado na obra do escritor de diplomata negro E. R. Braithwaite. Um professor negro (Sidney Potier) vai dar aula em um escola problemática na periferia de Londres e lá enfrenta problemas raciais.

 O povo preto quer narrar suas histórias

Vivemos em um mundo de disputa. Nossa sociedade tem profundas marcas das desigualdades que foram desenhadas ao longo da história. Na atualidade parece que há espaço para debate, a tão falada representatividade está sobre a mesa.
Mas o povo preto quer mais. Queremos narrar nossas próprias histórias. Queremos ter direito de fala não somente quando essa é concedida. Somos múltiplos, somos muitos e plurais. A ótica de ser preto no Brasil se revela como um espectro, tamanha a diversidade dos povos ancestrais que nos originaram, e a variedade de experiências que podemos ter e ser. Pertencer. O que nos conecta é pele.

Apoie o Alma Preta e nos ajude a continuar contando todas essas histórias.

Vamos fazer jornalismo na raça!

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Contato

E-mail
jornalismoalmapreta(@)gmail.com