Formação aborda o histórico das questões raciais no Brasil e convida ativistas e intelectuais negros para participar dos encontros; inscrições são gratuitas

Texto / Pedro Borges
Imagem / Divulgação

O coletivo de esquerda Força Ativa coordena um curso gratuito sobre o “pensamento preto”, entre os dias 21 e 25 de Janeiro, na Biblioteca Solano Trindade, Avenida dos Têxteis, número 1050.

Serão cinco encontros, das 19h às 21h30, com o objetivo de contribuir para a formação de ativistas, estudantes e interessados sobre as questões raciais no Brasil e o seu histórico. Os temas escolhidos para cada momento visam dialogar com a situação política vivida pelo país hoje.

Os assuntos a serem explorados são “Do escravismo pleno ao escravismo tardio”, com Márcio Farias; “Racismo científico e eugenia”, com Weber Lopes Goes; “Pan-africanismo: influência nos movimentos negros”, com Reginaldo Bispo; “Movimento negro contemporâneo”, com Regina Lúcia dos Santos; “Perspectiva para uma luta Antirracismo” com, Haydée Paixão Fiorino e Railda Silva.

As inscrições podem ser feitas pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo telefone (11) 958835987. Depois de confirmada a matrícula, o interessado receberá os textos de apoio, e ao final das atividades, um certificado de participação.

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Contato

E-mail
jornalismoalmapreta(@)gmail.com

Mais Lidos