fbpx
 

Produzida pelo Coletivo Colérico, a peça tem apresentação no dia 23 e 27; a entrada é gratuita e para todos os públicos

Texto / Simone Freire
Imagem / Moa Novaes

Por meio do teatro de boneco, a peça “Ananse” apresenta ao público uma história cheia de símbolos ancestrais inspirados em histórias e contos de personagens pertencente à cultura Ashanti, da região de Gana, em África.

Produzida pelo Coletivo Colérico, a peça tem apresentação no CEU Perus, dia 23, às 10h e às 14h; e na Oficina Cultural Oswald de Andrade, dia 27, às 16h. A entrada é gratuita e para todos os públicos.

A pesquisa do coletivo partiu de provocações estéticas desencadeadas pelos livros “Mãe África”, de Celso Sisto, e “Histórias de Ananse”, de Adwoa Badoe e Baba Wagué Diakité. O espetáculo narra a história de Ananse, uma criança cheia de imaginação, que vive muitas aventuras depois de um episódio importante de sua infância.

A trilha sonora e os bonecos levam o público a construir suas próprias histórias, mostrando que toda criança pode ser o que quiser, basta sonhar.

 O povo preto quer narrar suas histórias

Vivemos em um mundo de disputa. Nossa sociedade tem profundas marcas das desigualdades que foram desenhadas ao longo da história. Na atualidade parece que há espaço para debate, a tão falada representatividade está sobre a mesa.
Mas o povo preto quer mais. Queremos narrar nossas próprias histórias. Queremos ter direito de fala não somente quando essa é concedida. Somos múltiplos, somos muitos e plurais. A ótica de ser preto no Brasil se revela como um espectro, tamanha a diversidade dos povos ancestrais que nos originaram, e a variedade de experiências que podemos ter e ser. Pertencer. O que nos conecta é pele.

Apoie o Alma Preta e nos ajude a continuar contando todas essas histórias.

Vamos fazer jornalismo na raça!

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Contato

E-mail
jornalismoalmapreta(@)gmail.com