O dia 17 de Agosto marca os 130 anos do nascimento de Marcus Garvey, um dos precursores do pensamento pan-africanista.

Texto / Caroline Amanda
Imagem / Wikimedia Commons

A Associação Cultural Nova Flor organiza no dia 19 de Agosto, sábado, a partir das 15h, o encontro “Um povo, uma luta, um destino”. O evento acontece no Sindicato dos Comerciários, na Rua Francisco Ferraro, 53, Salvador, e serve de homenagem e reflexão sobre o legado de Marcus Garvey, um dos principais autores do pensamento pan-africanista.

O debate conta com a participação de Caroline Amanda Lopes Borges, que propõe uma discussão sobre o legado de Malcolm X enquanto a continuidade de Marcus Garvey, com Fábio Mandingo, que apresenta uma reflexão sobre a posição do povo negro entre os movimentos de direita e esquerda, e Marcio Paim, responsável por fazer um histórico do pan-africanismo e os movimentos de independência em África.

O encerramento da atividade fica por conta da banda de reggae Kebra Nagast.

 

Sobre a atividade, Caroline Amanda Lopes Borges, integrante do Coletivo Negro Carolina de Jesus da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), fez a seguinte reflexão:

Antecipando os 130 anos da falsa abolição no Brasil, Marcus Garvey nos convoca a refletir sobre poder por, para e pelo povo preto.

Certa de que a conjuntura transnacional para africanos em África ou em Diáspora se apresenta agudamente desfavorável, acredito ser o momento crucial para aproximar Garvey do cotidiano público e privado, econômico, político, religioso, cultural e ancestral das pessoas pretas de todo mundo.

Ouso dizer que jamais tivemos um momento tão propício e até mesmo pedagógico para constatar o quanto qualquer método tático e estratégico híbrido tenderá sempre a nos afundar em corrupções e cooptações travestidas de articulações bem intencionadas que se apresentam como meio para o bem coletivo, mas guardam em si como objetivo final o benefício pontual de poucos em nome de todos.

Garvey nos convoca para sentirmos, agirmos, construirmos como um só povo, para uma só luta, visando um só destino.

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Onde Estamos

Endereços e Contatos
18-80. Jd Nasralla - Cep: 17012-140
Bauru - São Paulo
contato(@)almapreta.com

Mais Lidos