Documentário sobre a realidade de catadores de materiais recicláveis está disponível gratuitamente no YouTube. O filme explora as razões que levam a sociedade a invisibilizar esse grupo social e os principais desafios das pessoas que participam da cadeia de reciclagem.

Texto e imagem / Divulgação

Essa semana marca uma nova era de opressão de uma das classes mais trabalhadoras do Brasil: os catadores de materiais recicláveis. Cerca de 90% de tudo que é reciclado no Brasil passa pelas mãos destes agentes invisíveis para a maioria da sociedade. Muitas vezes chamados de "homem do saco", com o intuito de assustar crianças desobedientes, desenvolveram um método de coleta seletiva e criaram uma alternativa profissional ao desemprego que assola muitos brasileiros.

Com o objetivo de semear o debate sobre a importância que possuem na sociedade atual, os diretores Rafael Halpern, Felipe Kfouri e Carol Wachockier produziram o filme de forma independente, sem patrocínio ou financiamento, e decidiram antecipar a divulgação gratuita e online do documentário "O Homem do Saco".

O filme de 58min mergulha no mundo desses trabalhadores e abre nossos olhos pra enxergar essas pessoas consideradas invisíveis. A partir de uma submersão na vida de diversos personagens, vemos os problemas que enfrentam e quais são as possíveis soluções para uma vida mais digna desta figura tão significativa para a cadeia de reciclagem.

Vencedor da Competição Latino Americana pelo voto popular do festival Mostra Ecofalante (SP- 2015), o filme também foi selecionado aos festivais Ekofilm (Republica Tcheca - 2016), EkotopFilm (Republica Tcheca - 2016), Filmambiente (RJ - 2016), Planeta.doc (SC - 2016) e Cultura, Arte e Poder (MG - 2017). Também foi exibido em 8 SESCs, no projeto “Glicério pela Vida”, Casa de Cultura Grajaú, Movimento Nacional dos Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis (MNCR) e em diversas cooperativas, seguido de rodas de conversas e debates.

Assista ao documentário

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Onde Estamos

Endereços e Contatos
18-80. Jd Nasralla - Cep: 17012-140
Bauru - São Paulo
contato(@)almapreta.com

Mais Lidos