O pedido de reintegração de posse por parte da justiça está marcado para o dia 22 de Outubro, domingo. Conheça algumas ações culturais que ocorreram durante os 10 anos de Ocupação Mauá.

Texto / Pedro Borges
Capa / #cinekordel

Imagem / #cinecordel e Alma Preta

A Ocupação Mauá, localizada ao lado da estação da Luz, centro, abriga 237 famílias, o equivalente a cerca de mil pessoas. No dia 25 de Março de 2007, teve início a Ocupação, que neste ano, recebeu a decisão do juiz da 26° Vara Cível de São Paulo, Carlos Eduardo Borges Fantacini, que exige a reintegração de posse do prédio, onde as famílias estão instaladas há 10 anos.

Ao longo dos seus 10 anos de história organizou uma série de eventos culturais aconteceram na Ocupação Mauá. O Alma Preta preparou uma lista com os eventos culturais realizadas no prédio.

Gravação do clip Mil Faces De Um Homem Leal dos Racionais MC’s

No dia 15 de Maio de 2012, o maior grupo de rap do país, os Racionais MC’s gravaram no prédio da Mauá as imagens do clip em homenagem ao ativista Carlos Marighela.

Gravação do clip Crisântemo, do rapper Emicida

No dia 21 de Maio de 2013, o rapper Emicida gravou o clip da música Crisântemo no prédio da Ocupação Mauá.

Debate sobre racismo com o grupo Facção Central

No mês de Novembro de 2013, diversos coletivos que atuam no combate ao racismo e o grupo de rap, Facção Central, participaram de um diálogo sobre o enfrentamento ao racismo no pátio da Ocupação Mauá.

Gincana Mauá

Em Outubro de 2012, ocorreu na Ocupação Mauá uma grande gincana que contou com a participação massiva dos moradores.

As crianças foram as grandes protagonistas deste dia. As brincadeiras infantis mobilizaram meninas e meninos da Ocupação Mauá, que foram divididas em três times, o azul, laranja e amarelo.

O resultado, depois de muita diversão, foi um empate triplo. Com isso, todos saíram felizes e satisfeitos com a atividade.

Festival Okupa Mauá Okupa

No dia 24 de Junho, diversos artistas participaram do festival, um dos primeiros eventos organizados pelos moradores da Mauá contra o pedido de reintegração de posse. Entre os artistas que compareceram, destaque o rapper Fióti.

O evento Okupa Mauá Okupa foi produzido pelo #cinekordel, com o apoio de Willian Santana, coordenador do Núcleo de Jovens da Mauá, e dos produtores Juca Guimarães e Thais Gregório.

Lançamento do documentário Leva

O documentário LEVA, filmado em 2010 e lançado em 2011, foi produzido pela Preta Portê Filmes e o Canal Futura, sob a direção de Juliana Vicente e Luiza Marques. A sinopse do filme é direta e diz que “No coração de São Paulo pulsa o maior movimento de luta por moradia da América Latina”.

O documentário venceu do 1º Pitching DOC Futura e mostra, de forma transparente e fiel, a trajetória de alguns líderes e moradores da ocupação Mauá.

“Ficamos um tempo entendendo quem eram eles e eles entendendo quem éramos também. Naquele momento, a Mauá tinha 3 para 4 anos, eles tinham acabado reocupar a Prestes Maia. Tinham feito um movimento imenso em outubro e não se falava em despejo na Mauá naquele momento”, explica Juliana Vicente.

Encontro de Capoeira

No mês de Março de 2012, o grupo Herdeiros Mauá, criado por moradores da ocupação, organizou o seu primeiro encontro de capoeira. O evento teve participação marcante de crianças e adolescentes.

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Onde Estamos

Endereços e Contatos
18-80. Jd Nasralla - Cep: 17012-140
Bauru - São Paulo
contato(@)almapreta.com

Mais Lidos