Evento é organizado pelo bloco afro Umoja em parceria do coletivo Crias Crew e do espaço de resistência palestina Al Janiah. Umoja significa unidade e conexão através dos tempos em Swahili.

Texto / Divulgação
Foto / Jeferson Vieira (capa) e Divulgação
Edição de Imagem / Pedro Borges


No Sábado (08/04), o grupo de cultura afro Umoja realiza, junto ao coletivo Crias Crew e ao bar de resistência palestina Al Janiah, Bixiga, a segunda edição da festa “Umoja - uma noite afro-nordestina no Al Janiah". A proposta deste encontro musical, que teve a sua primeira edição em março e terá periodicidade mensal, é fundamentar os conceitos práticos de “união”, “refúgio” e “solidariedade”.

O encontro visa compartilhar e fortalecer as experiências coletivas de êxodo, diáspora, e migração forçada, vivenciadas por trabalhadores e trabalhadoras de todo o mundo. A comemoração apresenta momentos de resistência traduzidos em diversas formas artísticas, como na linguagem musical, no ritmo, no tambor; no banzo, na alegria; nos tons e na poesia, cantada ou falada.

banner textos assinaturas

No Quilombo Internacionalista do Al Janiah, estará presente a longa experiência centenária das diásporas africanas; as experiências mais recentes do êxodo rural e da retirância norte-nordestina para o sul-sudeste do Brasil; e a experiência atual de migração forçada de palestinos, sírios, haitianos, angolanos, entre outros. O Al Janiah tem ganho cada vez mais a característica de refúgio cultural, na periferia do centro de São Paulo.

A festa será mensal, todo segundo sábado de cada mês no Al Janiah, e nesta segunda noite contará com os anfitriões residentes do grupo de cultura afro Umoja, da região do Jd. São Luiz, extremo sul de São Paulo. O coletivo que também é responsável pela já tradicional Noite dos Tambores, empresta o seu nome e será o mestre das cerimônias de todos estes encontros mensais, trazendo diversos ritmos e expressões da cultura afro-brasileira.

A edição de Abril será dedicada às mulheres negras e conta com a participação especial da cantora Yzalú. Entre os demais convidados estão os grupos Juçaral dos Pretos, Aglomerado e o poeta Akins Kintê. Os organizadores destacam que o valor de entrada de R$ 15,00 é uma colaboração com o espaço e os artistas.

AkinsKinteCapaAljaniahEditada

Akins Kintê é outro nome confirmado na festa de hoje

Serviço:

2ª Festa “Umoja: uma noite afronordestina no Al Janiah"

Data e local: Sábado (08/4), a partir das 21:30hs no bar Al Janiah (Ru Rui Barbosa, 269 – Bixiga) – até às 4:00hs.

Valor da entrada: R$ 15,00 de apoio Artístico (todos os cartões de crédito são aceitos).

Nesta edição haverá venda antecipada, a classificação etária é livre e outras informações podem ser checadas no evento no Facebook.

 

Sobre o Alma Preta

O Alma Preta é uma agência de jornalismo especializado na temática racial do Brasil. Em nosso conteúdo você encontra reportagens, coberturas, colunas, análises, produções audiovisuais, ilustrações e divulgação de eventos da comunidade afro-brasileira. Nosso objetivo é construir um novo formato de gestão de processos, pessoas e recursos através do jornalismo qualificado e independente.

Onde Estamos

Endereços e Contatos
18-80. Jd Nasralla - Cep: 17012-140
Bauru - São Paulo
contato(@)almapreta.com

Mais Lidos